Prospecção de enzimas de interesse industrial produzidas por actinobactéria isolado de solo rizosférico da Amazônia

Autores

  • Stherfanni Moura de Oliveira
  • Daniele Ferreira da Silva
  • Irla Nogueira dos Santos
  • Cássia Valéria Pinheiro Corrêa
  • Talita Cunha de Faria Liberal
  • Felipe Lima Corrêa Branco
  • Cristiane Nayara Jati Colares
  • Janete Magali de Araújo
  • Elba Lúcia Cavalcanti de Amorim
  • Tsai Siu Mui
  • Juliane Karine Ishida
  • Silvia Katrine Silva Escher Universidade Federal de Pernambuco Universidade federal do Oeste do Pará

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2017.031001

Palavras-chave:

Microbacterium xylanyliticum, Enzimas extracelulares, Amazônia

Resumo

Enzimas produzidas por micro-organismos tem despertado o interesse da indústria biotecnológica por sua vasta possibilidade de aplicação em diversos processos industriais devido sua estabilidade térmica e química. As actinobactérias são reconhecidas pelo seu potencial na produção de diversos metabólitos bioativos de estrutura química e ação biológica diversificados. Neste estudo foi isolado uma linhagem de actinobactéria rizosférica, caracterizada através de morfologia e métodos moleculares e avaliado o potencial enzimático através da produção de enzimas de interesse industrial. A linhagem de actinobactérias corresponde ao gênero Microbacterium xylaniliticum e apresenta alto potencial de produção de enzimas de interesse para a indústria de alimentos como lipases (IE=3,4), pectinases (IE=2,2) e esterases (IE=2,0), além da produção de hemolisina e L-glutaminase que apresenta propriedades anti-tumoral.

Biografia do Autor

Silvia Katrine Silva Escher, Universidade Federal de Pernambuco Universidade federal do Oeste do Pará

Professora de Microbiologia do Instituto de Biodiversidade e Florestas da, Coordenadora do Laboratório de Microbiologia da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA)

Downloads

Publicado

2017-06-09