Produção de lipase utilizando manipueira como fonte alternativa de carbono

Mayara Vieira de Jesus, Thaynah Silveira de Oliveira, Renata Déda Mendonça Ferreira, Anita Maria de Lima, Jacqueline Rêgo da Silva Rodrigues, Cristina Ferraz Silva, Roberto Rodrigues Souza

Resumo


As lipases são enzimas capazes de realizar a hidrólise de ácidos graxos, reação que é muito importante nas indústrias e mais especificamente para a produção de biodiesel. Pode ser produzida por animais, vegetais e micróbios, sendo a última forma a mais vantajosa. A sua produção em laboratório tem sido muito repetida e mostra resultados muito satisfatórios. Uma infinidade de maneiras de cultivo desta enzima é desenvolvida, variando os tipos de micro-organismos produtores, tipos de substrato, e processos de fermentação. Dentre as bactérias capazes de produzir lipase, o Bacillus subtilis se destaca notadamente nas pesquisas publicadas por se desenvolver e produzir a enzima em condições adversas. Muito frequentemente, resíduos da indústria agrícola são utilizados como meio de cultura desses micróbios, seja para baixar os custos de produção, seja para dar utilidade a tais rejeitos. Neste trabalho, a manipueira, resíduo líquido do processamento da mandioca, foi utilizada como fonte alternativa de carbono para a produção da lipase e seus resultados comparados com diferentes meios de fermentação sendo comprovada a sua eficiência na produção da enzima. 


Palavras-chave


lipase, Bacillus subtilis, manipueira

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2016.054208

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Roberto Rodrigues Souza, Mayara Vieira de Jesus, Thaynah Silveira de Oliveira, Renata Déda Mendonça Ferreira, Anita Maria de Lima, Jacqueline Rêgo da Silva Rodrigues, Cristina Ferraz Silva

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.