Participação em aulas de educação física e atitudes positivas para a prática de atividade física em adolescentes do estado de Sergipe, Brasil

Autores

  • Fabiana Medeiros de Almeida Silva Universidade Federal de Sergipe
  • Aldemir Smith Menezes Universidade Federal de Sergipe e Instituto Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2016.082801

Palavras-chave:

Atividade Motora, Educação Física, Adolescentes

Resumo

Introdução: A participação nas aulas de educação física pode oferecer oportunidades aos adolescentes de experimentar e de apreciar um estilo de vida fisicamente ativo. Objetivo: Analisar a associação entre participação em aulas de educação física e atitudes positivas para a prática de atividade física em adolescentes. Métodos: Trata-se de um estudo transversal de base escolar com amostra representativa de estudantes do ensino médio da rede pública estadual de Sergipe (n= 3.992, 14 a 19 anos de idade). Os dados foram coletados mediante questionário auto administrado. Foram analisadas atitudes como: realizar atividade física no tempo livre e preferir atividades de lazer fisicamente ativas a atividades sedentárias. Recorreu-se à regressão logística binária para análise de associação entre as variáveis. Resultados: Os adolescentes que relataram participar das aulas de educação física apresentaram mais chances de preferir atividades de lazer fisicamente ativas (OR=1,69; 1,45-1,96) e realizar atividades físicas no tempo livre (OR=2,00; 1,72-2,31). Conclusão: Os resultados indicam que a participação nas aulas de educação física pode ser um fator importante para reduzir a inatividade física entre os adolescentes.

Downloads

Publicado

2016-07-31

Edição

Seção

III Congresso Sergipano de Ciência