Espectrometria de nêutrons em um acelerador cíclotron utilizando o sistema de esferas de Bonner e detectores termoluminescentes

Joelan Angelo Santos, Adriana Guimarães, Marco Lacerda, Eudice Correia Vilela

Resumo


O espectro neutrônico pode variar desde poucos meV até centenas de MeV. Isto torna o estudo da espectrometria neutrônica, em um determinado ambiente, o melhor meio para se estabelecer radiológicas como o Equivalente de Dose Ambiental [H*(10)]. No entanto, a caracterização do campo de nêutrons é um problema complexo devido à ocorrência das interações peculiares dos nêutrons com a matéria. No presente estudo, os espectros de energia de nêutrons foram obtidos por meio do Espectrômetro de Esferas de Bonner (EB), tal sistema é constituído por seis esferas de polietileno de alta densidade com diâmetros diferentes. Dez detectores termoluminescentes (TLD) foram colocados no centro de cada esfera, cinco 6LiF:Mg,Ti e cinco 7LiF:Mg,Ti, também conhecidos como TLD600 e TLD700, respectivamente. Esses detectores foram escolhidos pela boa reprodutibilidade e baixa sensibilidade, o que permite seu uso em campos de alta intensidade. Os dados obtidos pela combinação dos detectores TLD600 e TLD700 foram comparados com aqueles obtidos por um cintilador de 6LiI(Eu). Os resultados deste estudo mostram que a combinação de TLD inseridos em um sistema EB pode ser utilizada na realização espectrometria de nêutrons em campos de alta intensidade, como que ocorre na vizinhança de aceleradores cíclotrons.

Palavras-chave


espectrometria neutrônica; dosimetria termoluminescente

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.