Aulas práticas no ensino de botânica: relato de uma experiência no contexto do PIBID em uma escola da rede estadual em Aracaju, SE.

Autores

  • Sebastiana Érica Cruz Santana UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
  • Tatiane da Silva Santos UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
  • Myrna Friederichs Landim UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2016.112703

Palavras-chave:

Ensino de Botânica, Aulas práticas, PIBID

Resumo

A aprendizagem dos conhecimentos biológicos pode contribuir para um efetivo exercício da cidadania, sendo a utilização de recursos didáticos variados, de forma contextualizada, de grande valor para o sucesso desse processo. Este trabalho tem como objetivo analisar e discutir a importância das aulas práticas na abordagem de conteúdos de Botânica no ensino médio, em uma escola da rede estadual de Aracaju, SE, no contexto do PIBID. Foram realizadas duas oficinas, ambas com metodologias didáticas participativas, as quais foram avaliadas quali-quatitativamente. Embora “retraídos”, a princípio, os estudantes apresentaram grande interesse e participação nas atividades propostas, as quais representaram também uma oportunidade de se relacionar os conteúdos científicos com a vida diária dos alunos, revelando a necessidade de implantação de estratégias práticas no processo de ensino-aprendizagem.

Biografia do Autor

Sebastiana Érica Cruz Santana, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Graduanda de Ciências Biológicas Licenciatura

Tatiane da Silva Santos, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Graduanda do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas.

Myrna Friederichs Landim, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Laboratório de Ecologia Vegetal, Departamento de Biologia (DBI), Núcleo de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (NPGECIMA), Universidade Federal de Sergipe. 

Downloads

Publicado

2016-11-21

Edição

Seção

IX Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade