Determinação de constituintes inorgânicos em méis de abelha coletados no estado de Sergipe por espectrometria de absorção atômica com chama (AAS)

Autores

  • Marcelo Conceição Almeida Universidade Federal de Sergipe
  • Carlos Alexandre Borges Garcia Universidade Federal de Sergipe
  • Helenice Leite Garcia Universidade Federal de Sergipe
  • Ana Carla Santos Andrade Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de Sergipe - FAPESE
  • Michel Rubens dos Reis Souza Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2016.077201

Palavras-chave:

Mel de abelha, minerais, Espectrometria de Absorção Atômica

Resumo

A procura por produtos naturais e saudáveis cresceu de forma significante, o que conduziu à busca pela qualidade e segurança alimentar de produtos como o mel. O objetivo deste trabalho foi pesquisar o teor de constituintes inorgânicos (Na, K, Ca, Co, Fe, Ni, Mg, Mn e Pb) em mel de abelhas Apis mellifera provenientes de quatro municípios do Estado de Sergipe – Poço Redondo, Japaratuba, Porto da Folha e Barra dos Coqueiros, estabelecendo se estes minerais estão fora dos valores máximos permitidos. Os analitos foram determinados por espectrometria de absorção atômica (E.A.A.). Os valores para os minerais foram: Fe (9,35 – 49,82 mg kg-1), Mn (0,71 – 5,80 mg kg-1), Mg (7,82 – 112,63 mg kg-1), K (266,34 – 1.299,39 mg kg-1), Na (14,21 – 174,84 mg kg-1) e Ca (20,04 – 81,71 mg kg-1). Todos se apresentaram dentro dos valores máximos recomendados na legislação nacional e internacional vigente. Também foi possível fornecer subsídios aos apicultores e técnicos a respeito das características específicas do mel, como produto natural único.

Biografia do Autor

Marcelo Conceição Almeida, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Química

Carlos Alexandre Borges Garcia, Universidade Federal de Sergipe

Professor Associado IV do Departamento de Química da Universidade Federal de Sergipe

Helenice Leite Garcia, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Engenharia Química

Ana Carla Santos Andrade, Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de Sergipe - FAPESE

Departamento de Química

Michel Rubens dos Reis Souza, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Química

Downloads

Publicado

2016-07-20

Edição

Seção

Artigos