Comparativo entre a distribuição dos tempos na produção com índices de produtividade para o serviço de montagem de fôrma de madeira

Autores

  • Bruno Almeida Souza Universidade Federal de Sergipe
  • Debora de Gois Santos Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2015.113307

Palavras-chave:

produtividade, amostragem do trabalho

Resumo

A mão de obra é um dos principais recursos para qualquer setor da indústria, não sendo diferente para a construção civil. Devido a sua importância, deve-se buscar que a mão de obra seja cada vez mais eficiente melhorando o seu índice de produtividade. Para isso, o primeiro passo é buscar conhecer o seu próprio índice de produtividade, aferindo-o em campo. É importante também que não só o calcule como também conheça os fatores que influenciam em sua melhora ou piora. Esta análise pode ser feita através de pesquisas de amostragem do trabalho. Diante deste cenário esta pesquisa faz um comparativo entre os índices de produtividade para as fôrmas encontrados em tabelas e ou sistemas de preços com o índice utilizado no orçamento da obra, utilizando ainda a técnica de amostragem do trabalho. Levantados os índices foi realizada uma comparação entre a equipe presente na obra, com a equipe teórica calcula através desses índices. Ao final foi feita uma pesquisa de amostragem do trabalho na busca de obter informações que mostrassem possíveis pontos de melhora nos processos para melhorar o índice de produtividade dessa mão de obra.

Downloads

Publicado

2015-11-14

Edição

Seção

1º Seminário de Engenharia Civil