O uso da experimentação para o entendimento de fenômenos do cotidiano: concepções dos alunos sobre a combustão

Autores

  • Ana Carla Oliveira Santos Universidade Federal de Sergipe http://orcid.org/0000-0002-5516-7065
  • Marlene Rios Melo Universidade Federal de Sergipe
  • Tatiana Santos Andrade Universidade Federal da Bahia

Palavras-chave:

concepções prévias, conhecimento científico e combustão

Resumo

O presente trabalho levantou as concepções alternativas dos alunos sobre fenômenos do cotidiano - combustão, mediante a realização de experimento, assim como a possível minimização dessas concepções através de debates entre grupos de alunos com posicionamentos diferenciados para explicar os questionamentos apresentados pelos professores/pesquisadores.  A pesquisa realizada com alunos do 3º ano do ensino médio da cidade universitária de Sergipe foi de caráter qualitativo, visto que os dados foram coletados através de questionários semiestruturados e entrevistas abertas, pode-se observar que suas concepções alternativas eram fruto de um ensino memorístico e, portanto sem uma aprendizagem significativa de conceitos primordiais à compreensão da química. No entanto, a utilização de experimentos, mediados por questionamentos que contemplavam o conhecimento prévio dessas concepções, permitiu que esses alunos se envolvessem tanto com o fenômeno discutido como na defesa de suas ideias e na elaboração de um consenso comum mais próximo do científico.

Biografia do Autor

Ana Carla Oliveira Santos, Universidade Federal de Sergipe

Mestre em Ensino de Ciênias e Matemática professora da rede estadual de ensino de Sergipe, membro do grupo de pesquisa GRUPEQ

Downloads

Publicado

2015-06-17

Edição

Seção

Escola de Verão em Educação Química e Seminário Integrador do PIBID/Química