Incidência de galhas de Meloidogyne incognita raça 1 em progênies de F2:3 (‘Salinas 88’ x ‘Colorado’) de alface

José Sandes Carvalho Filho, Luiz Antonio Gomes, Rejane Rodrigues Costa-Carvalho

Resumo


O objetivo deste trabalho foi estimar parâmetros genéticos, fenotípicos e ambientais para incidência de galhas em progênies F2:3 de alface oriundas de cruzamentos entre ‘Colorado’ e ‘Salinas 88’, visando auxiliar programas de melhoramento na incorporação da resistência ao nematóide de galhas. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, em bandejas de poliestireno expandido de 128 células, em delineamento de blocos casualizados, com duas repetições e oito plantas por parcela. Foi feita a infestação do substrato com ovos de Meloidogyne incognita raça 1, na proporção de 30 ovos.cm-3 de substrato. Aos 45 dias após a inoculação, avaliou-se cada planta para a incidência de galhas. O valor de herdabilidade no sentido amplo para a característica incidência de galhas variou de 38% a 74%. Os resultados obtidos permitiram concluir que a cultivar Colorado tem um nível de resistência ao nematóide de galhas inferior a cultivar Salinas 88 e que a incidência de galhas pode ser utilizada na seleção entre e dentro de progênies de alface, principalmente numa etapa inicial de programa de melhoramento.

Palavras-chave


Lactuca sativa; incidência de galhas; seleção de plantas; herdabilidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.