Varicocele bilateral em ovino: relato de caso

Eliene Barbosa de Lima, Jeferson Silva Carvalho, Karina Medici Madureira, Tiago da Cunha Peixoto, Soraya Santos de Farias, Alan Greison Costa Macêdo, Roberto Viana Menezes, Margareth Moura Ferreira, Vitor Santiago de Carvalho

Resumo


Um ovino da raça Dorper foi atendido na Clínica de Ruminantes do Centro de Desenvolvimento da Pecuária (CDP) - EMEVZ/UFBA, diagnosticado com varicocele bilateral, após realização de exame físico e anatomo-histopatológico. O animal era proveniente do município de Entre Rios - BA. Na anamnese, o proprietário relatou que o animal apresentava aumento de volume escrotal e emagrecimento progressivo. O animal morreu no dia posterior ao internamento e na necropsia, os cordões espermáticos mediam 9,4 cm de comprimento, 6,2 cm de largura e 4,4 cm de altura, possuindo superfície irregular e multinodular. Os testículos encontravam-se atrofiados. As alterações histológicas revelaram que os cordões espermáticos apresentavam grandes trombos, obliterando quase que completamente as veias espermáticas nos plexos pampiniformes. Observou-se ainda leve a moderada fibrose intersticial dos parênquimas testiculares, e parte dos túbulos seminíferos encontravam-se desprovidos de epitélio germinativo (espermatogênico) caracterizando a degeneração testicular. Pode-se concluir que essa doença, acompanhada de trombose na veia espermática interna prejudicou a termorregulação levando a ocorrência de degeneração testicular, conforme pôde ser verificado neste trabalho.


Palavras-chave


degeneração testicular, cordão espermático e histopatologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.