Tratamentos clínico-cirúrgicos de mastite gangrenosa unilateral em caprinos por diferentes tipos de cicatrização

Autores

  • Huber Rizzo UFRPE
  • Alexandre Cruz Dantas
  • Janaina Azevedo Guimarães
  • Lúcio Esmeraldo Honório de Melo
  • Carla Cristina Moura de Oliveira
  • Poliana Cordeiro Souto
  • Mayumi Santos Botelho Ono
  • Jefferson Airton Leite Oliveira Cruz
  • Fábio de Souza Mendonça
  • Atzel Candido Acosta Abad
  • Rinaldo Aparecido Mota
  • Robério Silveira de Siqueira Filho
  • Edvaldo Lopes Almeida

Palavras-chave:

, curetagem, glândula mamária e Staphylococcus aureus

Resumo

A mastite gangrenosa é a mais radical das formas de mastite, que leva a perda do úbere acometido, sendo necessário à realização de tratamento cirúrgico para retirado do tecido necrosado. Neste relato descrevem-se os aspectos clínicos e os procedimentos clínico-cirúrgicos de dois casos de mastite gangrenosa em caprinos atendidos no AGA/DMV/UFRPE onde realizou-se, em uma das cabras com isolamento de Staphylococcus aureus na secreção láctea, mastectomia radical unilateral com cicatrização por primeira intenção e no outro caso extração do tecido necrosado seguido de curetagem física e química do tecido mamário para a cicatrização por segunda intenção. Após o tratamento pós-operatório com o uso de gentamicina e flunixim meglumine, ambos os tratamentos demonstraram-se efetivos em relação à extração do tecido necrosado e prevenção da contaminação da glândula saudável

Downloads

Publicado

2015-04-01

Edição

Seção

III Simpósio Sergipano de Buiatria