Avaliação do conteúdo sobre problemas ambientais em livros didáticos de Biologia

Guilherme Malafaia, Dieferson da Costa Estrela, Abraão Tiago Batista Guimarães, Wellington Alves Mizael da Silva, Bruna de Oliveira Mendes, Taynara Carvalho Ribeiro, Aline Sueli de Lima Rodrigues

Resumo


O presente estudo teve como objetivo avaliar o conteúdo sobre problemas ambientais presente em livros didáticos de Biologia utilizados no Ensino Médio. Cinco obras foram avaliadas, considerando os seguintes critérios: atualização; conteúdo teórico; uso e qualidade de elementos gráficos e abordagem pró-aprendizagem. Os resultados demonstram uma breve abordagem do conteúdo sobre os problemas ambientais, mas, atual e coerente com as especificidades disponíveis na literatura específica sobre as temáticas. Contudo, notou-se a ausência de informações consideradas chaves, tais como as consequências do problema ambiental para a saúde ambiental, a forma como as pessoas podem contribuir para o controle ou erradicação do problema ambiental e exemplos de atividades antrópicas que contribuem para a ocorrência do problema ambiental. Nesse sentido, este estudo reforça a necessidade de contínua avaliação dos conteúdos biológicos presentes nos livros didáticos, chama-se a atenção para a importância do olhar crítico do professor sobre o conteúdo trabalhado em sala de aula e o veiculado pelo livro didático e, por fim, contribui para a reflexão de que o livro é uma ferramenta que deve complementar o trabalho docente, mas que não deve ser o único recurso didático a ser utilizado.


Palavras-chave


recursos didáticos; livros textos; meio ambiente

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.