Avaliação do potencial energético das cascas de coco verde para aproveitamento na produção de briquetes

Autores

  • Mayara Raysa Lima Esteves Universidade Federal De Alagoas
  • Ana Karla Abud Universidade Federal de Alagoas
  • Karla Miranda Barcellos Universidade Federal de Alagoas

Palavras-chave:

biomassa, energia, briquetes.

Resumo

 

Considerando a alta geração de biomassa residual do coco verde na cidade de Maceió-AL em função do consumo do fruto por parte das indústrias de envase de água de coco e do consumo in natura dos frutos vendidos por comerciantes da orla de Maceió, estimados em 270 mil frutos por ano, o presente trabalho caracteriza o potencial energético das cascas de coco verde para utilização deste resíduo na forma de briquete como substituinte à lenha, na maioria das vezes oriunda de fonte ilegal, para obtenção de energia térmica em fornos industriais. Avaliou-se o potencial energético da biomassa, suas características físico-químicas pré e pós-briquetagem e os processos envolvidos nesta produção a partir da casca do coco verde. Os resíduos, após processamento, foram classificados em pó e fibra, apresentando poder calorífico de 18,48 e 19,47 MJ/kg, respectivamente. Analisou-se, ainda, o mercado de briquetes da cidade, desde os principais fabricantes aos atuais e possíveis consumidores, identificando um grande espaço no comércio para o uso do briquete de casca de coco verde.


Biografia do Autor

Mayara Raysa Lima Esteves, Universidade Federal De Alagoas

http://lattes.cnpq.br/4311053744084394

Ana Karla Abud, Universidade Federal de Alagoas

 http://lattes.cnpq.br/2720547210430667

Karla Miranda Barcellos, Universidade Federal de Alagoas

http://lattes.cnpq.br/5086092422954417

Downloads

Publicado

2015-03-06