Lixiviação e persistência do metribuzin por bioensaios

Ana Karine Aquino Nunes Ben, Ana Cássia Silva Possamai, William Souza Cardoso, Ronei Ben, Edicarlos Batista Castro, Diego Belapart, Kássio Ferreira Mendes

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de lixiviação e persistência de metribuzin aplicada em pré-emergência em amostras de solos, para compreender a dinâmica desta molécula em solos com texturas contrastantes. O metribuzin foi aplicada em Latossolo Vermelho-LV (480 gha-1) e Neossolo Quartzarênico – NQ (360 gha-1), o experimento foi conduzido em casa de vegetação. Para a lixiviação utilizou-se colunas de PVC (30 cm de comprimento). O esquema adotado foi fatorial 6 x 6, com delineamento em blocos casualizados com seis repetições e os fatores estudados foram as lâminas de água (0, 20, 40, 60, 80 e 100 mm) e profundidades (0-5, 5-10, 10-15, 15-20, 20-25 e 25-30 cm) das colunas. Para persistência foram utilizados vasos de plástico de 5 dm³, com diferentes épocas de aplicações distribuídos em blocos casualizados em esquema fatorial 4x3 com três repetições, os fatores estudados foram doses (0; 480 e 360 gha-1) e o período de tempo entre a aplicação do herbicida (0, 25, 50 e 75 DAA – dia após a aplicação). Na avaliação de porcentagem de controle utilizou-se bioindicador (Cucumis sativus) para os dois experimentos. O metribuzin apresentou alto potencial de lixiviação em ambos os solos, e quanto maior a lâmina de água aplicada, maior profundidade alcançada e um eficiente controle de bioindicador em camadas afetadas. O metribuzin apresentou baixa persistência no solo argiloso e arenoso com a utilização de ambas as doses. Contudo, em solo arenoso a persistência não foi influenciada com o período entre a aplicação e a semeadura do bioindicador.

Palavras-chave


herbicida, lâminas d’água, mobilidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.