Abelhas (Hymenoptera: Apoidea) visitantes das flores de urucum (Bixa orellana Linnaeus 1753) em Teixeira de Freitas, Bahia, Brasil

Welber da Costa Pina, Mairan Santos Bonfim, Sabrina Oliveira Silva, Ingrid Raiane Rodrigues Almeida

Resumo


Os insetos visitantes das flores do urucum são basicamente abelhas, que são consideradas agentes polinizadores de grande importância para muitas espécies vegetais. O presente trabalho teve por objetivo identificar as espécies de abelhas visitantes de uma cultura de urucum situada em Jardim Novo, Teixeira de Freitas/BA. As coletas foram realizadas nos meses de maio e junho de 2013. A técnica utilizada foi coleta ativa com rede entomológica. Todas as abelhas coletadas foram mortas usando frascos mortíferos com acetato de etila, montadas a seco, identificadas e depositadas na Coleção do Laboratório de Zoologia da Universidade do Estado da Bahia, Campus X. Foram coletadas 1.013 abelhas distribuídas em 15 espécies. As espécies mais abundantes e classificadas como constante foram Apis mellifera, Trigona spinipes e Bombus morio com as demais sendo consideradas como acessórias ou acidentais. O período de maior forrageamento foi concentrado na parte da manhã (8 h – 12 h). Concluímos que a diversidade de espécies foi relativamente pequena e por isso aconselha-se o cultivo desta lavoura próximo às áreas de mata nativa e outras plantações, pois são potenciais para visitação de abelhas, podendo aumentar o sucesso reprodutivo do plantio.


Palavras-chave


Diversidade, Bixa orellana, interação inseto-planta.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.