Avaliação da sustentabilidade de um agroecossistema pelo método MESMIS

Autores

  • Nathalia de França Guimarães Universidade Federal de São Carlos
  • Anderson de Souza Gallo Universidade Federal de São Carlos
  • Cleberton Correia Santos Universidade Federal da Grande Dourados
  • Kátia Priscilla Gomes Morinigo Universidade Federal de São Carlos
  • Adriel Barboza Bentos Universidade Federal de São Carlos
  • Emerson Machado de Carvalho Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD

Palavras-chave:

agroecologia, indicadores ambientais, indicadores sociais, perícia agrícola, sistemas de produção.

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo levantar indicadores para avaliar a sustentabilidade da área experimental da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Gloria de Dourados, MS) e propor linhas de trabalho para os aspectos menos sustentáveis (pontos críticos), almejando alcançar maior sustentabilidade do sistema. O estudo foi conduzido no mês de abril através de diagnóstico visual, baseando-se nos indicadores de sustentabilidade do método MESMIS. Para avaliação foi utilizado 38 indicadores e três parâmetros, abordando aspectos sociais e ambientais. O resultado obtido com a avaliação da área experimental evidencia que a mesma apresenta muitos pontos críticos na manutenção do agroecossistema, indicando a necessidade de intervenções para transição agroecológica e, consequentemente, para se alcançar a sustentabilidade socioambiental. Os pontos críticos de maior abrangência estavam relacionados à integridade e manutenção da área de preservação permanente (APP), queimadas, erosão laminar e com a falta de programas que priorizem a saúde e segurança ocupacional rural. Assim foi possível propor medidas mitigadoras em conformidade com a transição agroecológica e, consequentemente, mais efetivas para a busca do desenvolvimento sustentável do agroecossistema.

Biografia do Autor

Nathalia de França Guimarães, Universidade Federal de São Carlos

Mestranda do programa de Pós graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural

Anderson de Souza Gallo, Universidade Federal de São Carlos

Mestrando do programa de Pós Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural

Cleberton Correia Santos, Universidade Federal da Grande Dourados

Mestrando do programa de Pós Graduação em Agronomia

Kátia Priscilla Gomes Morinigo, Universidade Federal de São Carlos

Mestranda do programa de Pós Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural

Adriel Barboza Bentos, Universidade Federal de São Carlos

Mestrando do programa de Pós Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural

Emerson Machado de Carvalho, Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD

Professor adjunto da Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais - FCBA

Downloads

Publicado

2015-05-09

Edição

Seção

Artigos