Efeitos fisiológicos atribuídos ao teste de frio e adição de reguladores vegetais em híbridos de milho

Ivan Ricardo Carvalho, Cleiton Korcelski, Sabrina Tolotti Peruzzo, Diego Nicolau Follmann, Maicon Nardino, Velci Queiróz de Souza, Stela Maris Kulczynsk, Braulio Otomar Caron

Resumo


O trabalho teve o objetivo de verificar a resposta de híbridos de milho quanto à utilização de doses de fitohormônios, buscando identificar pela curva de regressão a melhor dose x percentual de germinação da semente. O estudo foi conduzido no Laboratório de Produção e Tecnologia de Sementes da Universidade Federal de Santa Maria Campus de Frederico Westphalen - RS. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso organizado em esquema fatorial 4x5 sendo híbridos x doses de fitohormônio. Os híbridos de milho utilizados no estudo foram: 2A106, P1630H, P2530 e STATUS, estes submetidos às doses de 0, 5, 10, 15 e 20 mililitros por quilo de sementes de composto fitohormonal. A análise de variância revelou significância para interação híbridos x doses de reguladores vegetais para as variáveis, primeira contagem de germinação, percentagem de germinação, comprimento de parte aérea e radicular, massa seca de parte aérea e massa seca de plântula. A massa seca de radícula revelou ausência de interação entre os fatores. As doses de reguladores vegetais influenciam na magnitude dos caracteres fisiológicos em híbridos submetidos ao teste de frio. O híbrido P1630H responde positivamente a dose de 10 mL Kg-1 de reguladores vegetais, para os caracteres percentual de sementes germinadas e massa seca da parte aérea. Para o híbrido 2B688Hx efeitos positivos são revelados na dose de 5 mL Kg-1de reguladores vegetais, aos caracteres primeira contagem de germinação, percentagem de sementes germinadas, comprimento de parte aérea e radicular, massa seca de plântula e parte aérea.


Palavras-chave


potencial fisiológico, fitorreguladores, hormônios

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.