Deriva litorânea e a distribuição do lixo global encontrado ao longo das praias do Litoral Norte do Estado da Bahia, Brasil

Autores

  • Sergio Pinheiro Santana Neto Curso de Pós-Graduação da Universidade Federal da Bahia
  • Iracema Reimão Silva UFBA
  • Abílio Carlos da Silva Pinto Bittencourt Universidade Federal da Bahia

Palavras-chave:

lixo global, impactos ambientais, correntes costeiras.

Resumo

O Litoral Norte do Estado da Bahia abriga um padrão ocupacional de caráter pontual na área pesquisada, incluindo povoados que, na maioria dos casos, ainda exibem características tradicionais. Na região predominam remotos trechos de praias arenosas, com uma linha de costa considerada contínua, de contorno retilíneo bastante regular, e bordejada, na sua maior parte, por um cordão duna. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar as interações entre o aporte de lixo marinho global e o padrão de dispersão da deriva litorânea atuante nas praias localizadas entre Subaúma e Barra do Itariri, no Litoral Norte da Bahia, considerando a existência de um ponto nodal de inversão, em sua direção, na parte central de tal trecho. O lixo global foi também classificado de acordo com a sua composição, tipo de produto e país de origem. Não foi apresentada uma variação sazonal significativa entre as coletas nos períodos avaliados. A composição, por material de origem, destacou a elevada presença de embalagens plásticas, as quais estiveram intimamente associadas ao aporte de garrafas de água mineral, que predominaram por toda a duração da coleta. Foram ainda identificados países fabricantes das embalagens internacionais espalhados por todos os continentes. As maiores alturas das ondas de sudeste e sul-sudeste para o trecho entre Baixio e Barra do Itariri pode ser um fator determinante para a maior ocorrência de lixo marinho para a região, especialmente durante o período de outono/inverno.

Biografia do Autor

Sergio Pinheiro Santana Neto, Curso de Pós-Graduação da Universidade Federal da Bahia

Curso de Pós-Graduação da Universidade Federal da Bahia

Iracema Reimão Silva, UFBA

Departamento de Oceanografia/Geologia Costeira e AmbientalCV: http://lattes.cnpq.br/5704701054728240

Abílio Carlos da Silva Pinto Bittencourt, Universidade Federal da Bahia

Laboratório de Estudos Costeiros/Departamento de Oceanografia/Geologia Costeira e Ambiental

Downloads

Publicado

2014-07-28

Edição

Seção

Artigos