Estudo das Propriedades Luminescentes do Fósforo CdSiO3 Dopado e co-Dopado com Metais de Transição (Mn2+, Ni2+, Cr3+)

Carolina M Abreu, R S Silva, Mario E. G. Valerio, Zelia Soares Macedo

Resumo


O Silicato de cádmio (CdSiO3) é um fósforo de grande interesse técnico, que pode ser amplamente usado em áreas tais
como indicação de segurança, sinalização de emergência e armazenamento óptico de dados. Neste trabalho, estudamos
as propriedades fosforescentes do CdSiO3 em amostras puras, dopadas com Mn2+, Ni2+ e Cr3+, e co-dopadas com (Mn2+,
Cr3+) e (Mn2+, Ni2+). O CdSiO3 foi sintetizado pelo método convencional de síntese de estado sólido, partindo de
reagentes industriais de baixa pureza. Durante a etapa de síntese, foram testadas as condições de moagem, tempo e
temperatura necessárias à formação da fase cristalina desejada. A formação da fase cristalina correspondente à
estequiometria CdSiO3 foi obtida após a segunda moagem e a segunda calcinação a 1000 °C por 8 h. As propriedades
ópticas do pó sintetizado foram estudadas via medidas de fotoluminescência e radioluminescência. Os espectros de
emissão das amostras pura, dopadas e co-dopadas apresentaram bandas principais de emissão em 496 e 593 nm.
Acredita-se que a fosforescência do silicato de cádmio se deve a presença de vacâncias de cádmio presente na estrutura
do material. A presença dos co-dopantes tem a função de promover transferências energéticas que aumentam o tempo
de vida no estado excitado.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.