O gênero Mecaster (Echinodermata: Spatangoida) no Cretáceo Superior da Formação Jandaíra, bacia Potiguar, Nordeste do Brasil

Josevânia de Oliveira, Cynthia Lara de Castro Manso, Edilma de Jesus Andrade, Wagner Souza Lima

Resumo


Neste trabalho é apresentada uma revisão sistemática dos equinoides espatangoides do gênero Mecaster na Formação Jandaíra, bacia Potiguar. Os exemplares de equinoides fósseis foram obtidos em coletas realizadas em quatro localidades fossilíferas dessa formação. Foram identificadas apenas duas espécies pertencentes a esse gênero, Mecaster fourneli e Mecaster texanum. As duas espécies foram comparadas entre si e com descrições de exemplares provenientes de outras bacias. Os exemplares analisados apresentaram variações nos caracteres morfológicos em diferentes estágios ontogenéticos. Foi observada, ainda, uma maior distribuição estratigráfica de M. fourneli assinalada do Turoniano superior ao Campaniano, e M. texanum registrada apenas do Turoniano ao Coniaciano nessa unidade.

Palavras-chave


Echinoides; Cretáceo; Formação Jandaíra.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.