Avaliação da difusão e permeação cutânea in vitro de acetato de hidrocortisona tópica comercial

Cristiane Dutra, Paula Bianchetti, Simone Stülp

Resumo


O acetato de hidrocortisona é um corticoide de uso tópico que trata de maneira muito eficiente as dermatites. Porém, sua eficiência na terapia tópica está relacionada aos processos de liberação e permeação nas camadas da pele. No presente trabalho, foram feitos ensaios in vitro utilizando o modelo de Células de Franz para determinar a difusão do fármaco com membrana de acetato de celulose, bem como sua permeação com biomembrana de estrato córneo de muda de cobra da espécie Boa constrictor. Todas as alíquotas foram analisadas por espectrofotometria ultravioleta visível (UV/Vis). O estudo de difusão e permeação revelou boa uniformidade entre os três lotes do produto avaliado. Em termos de coeficiente de permeabilidade, verifica-se que houve maior quantidade de hidrocortisona difundida do que permeada, em que o Kp do acetato de celulose foi de 0,0340 cm min-1 e o Kp do biomembrana foi de 0,0027 cm min-1.


Palavras-chave


acetato de hidrcortisona; difusão; permeação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.