A INTERVENÇÃO DO ESTADO EM INFRAESTRUTURA E O PROCESSO DE CIRCULAÇÃO DE HORTIFRUTIGRANJEIROS EM ITABAIANA/SE

Diana M de Carvalho, Jose Eloizio Costa

Resumo


Este trabalho tem por objetivo analisar as intervenções do estado em infra-estrutura e no processo de circulação de hortifrutigranjeiros no município de Itabaiana/SE, partindo cronologicamente da década de 1950, quando se inicia as intervenções em infra-estrutura em todo o território brasileiro. Para sua contextualização foram consideradas: leituras sobre as intervenções do estado em prol do desenvolvimento rural, a relação campo-cidade e a existência de redes de distribuição de hortifrutigranjeiros, assim como, de registros fotográficos e de mapeamento. Por tudo isso, verificou-se que, a intervenção do estado é sentida de forma positiva, não só pela instalação de fixos como também por estimular a articulação rural-urbana. Mas em alguns casos a representatividade do Estado pode ser nula, por não investir na manutenção dos fixos existentes. Todavia, essa ação não é a única responsável pelo dinamismo de municípios ou regiões, a força de trabalho da população, quanto à produção, venda e transporte de mercadorias, é de extrema importância para a consolidação de um centro comercializador de produtos agrícolas, a exemplo de Itabaiana-Se. Nesse sentido, algumas políticas, como: o desenvolvimento da rede rodoviária, a construção do Açude da Macela e das Barragens, Jacarecica I e Ribeira, a instalação da Deagro e da Conab e a construção do Mercado de Hortifrutigranjeiros, fizeram do município de Itabaiana uma referência na comercialização e na distribuição de hortifrutigranjeiros. Consequentemente, a cidade de Itabaiana destaca-se como importante entreposto comercial atacadista de hortifrutigranjeiros do estado de Sergipe, competindo, em termos de atração comercial, com os maiores mercados atacadistas de hortifrutigranjeiros do nordeste. O crescimento da comercialização agrícola nessa sede municipal tem ocasionado o fortalecimento do comércio varejista informal e subsidiado a proliferação de extensas redes de distribuição de hortifrutigranjeiros, que agregam fluxos de importação e
de exportação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.