Desenvolvimento de metodologia para avaliação da atividade de 99mTc e 131I em lactantes

L. Santos, A. L. A. Dantas, S. A. Mesquita, S. M. V. Oliveira

Resumo


Contaminações internas de bebês podem ocorrer por ingestão do leite de mães ocupacionalmente expostasàs radiações ionizantes com possível incorporação (inalação ou ingestão), ou mães submetidas aprocedimentos médicos em fase de amamentação. Concentrações de radionuclídeos no leite maternopodem causar doses absorvidas em órgãos dos bebês, em concentrações proporcionais aos volumes dasmamas. Análises do leite permitem determinar atividades ingeridas pelo bebê, determinando-se o pico deconcentração do radionuclídeo no leite da mãe, considerando-se a diminuição da taxa de atividade e aatividade no leite ingerida em diferentes tempos. O trabalho teve como objetivo desenvolver simuladoresfísicos de mamas e metodologia para avaliar incorporações de 99mTc e 131I em lmactantes, consistindo nasseguintes etapas: preparação de solução padrão de leite contaminado separadamente com 99mTc e 131I;preparação de quatro simuladores de mamas (600 g e 800 g) de lactante e calibração destes simuladorespara duas geometrias distintas (mamas e corpo inteiro) na Unidade de Contador de Corpo Inteiro doInstituto de Radioproteção e Dosimetria. Os resultados demonstraram que o sistema foi eficiente paradeterminar a atividade de 99mTc e 131I em mamas em fase de lactação. O método de posicionamento nageometria “mama” mostrou ser mais eficiente do que o método “corpo inteiro” para avaliação daatividade na mama para diferentes volumes. A preparação dos simuladores e os experimentos realizadospermitiram o aperfeiçoamento de avaliações de doses internas de lactantes e respectivos bebês.

Palavras-chave


medicina nuclear; radiofármacos; instrumentação nuclear

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.