Desenvolvimento da Técnica de Bioanálise in vitro para Determinação de 65Zn em Amostras Biológicas

W. F. Audino, W. O. Souza, A. L. Dantas, B. M. Dantas

Resumo


A manutenção do cíclotron do IEN-CNEN, onde é produzido 123I, pode levar à incorporação de 65Zn,gerado pela ativação do cobre presente na blindagem, e consequente exposição interna dos trabalhadores.No Contador de Corpo Inteiro do IRD já foram realizadas cerca de 500 monitorações in vivo, através dadetecção de fótons de 1115 keV. Pode-se afirmar que a planta de produção de I-123 do IEN é segura emtermos de radioproteção, já que todas as incorporações detectadas representam uma pequena fração dolimite anual de dose estabelecido nas Normas da CNEN. Entretanto, para aprimorar a monitoração internade grupo de trabalhadores, foi desenvolvida, no Laboratório de Bioanálise in vitro do IRD, uma técnica deanálise por espectrometria gama, visando à determinação de 65Zn em amostras biológicas. A calibraçãodo sistema de detecção in vitro, que utiliza um sistema HPGe, foi realizada com fonte líquida padrão de65Zn produzida e certificada pelo LNMRI-IRD. A fonte foi dividida em dois frascos de 1 e 2 litros. Foiobtida uma curva de calibração eficiência x volume para cada frasco, nos intervalos 100 a 1000 mL e1000 a 2000 mL, respectivamente, com incrementos de volume de 100 mL de HCl 0,1 M. A metodologiadesenvolvida mostra-se simples, rápida, além de apresentar sensibilidade adequada para aplicação emmonitoração ocupacional. O limite de detecção da técnica, para volume de 1 L foi de 5,18 Bq e a DEMDpara cenário padrão de incorporação única, via ingestão de composto tipo S foi de 23 μSv.

Palavras-chave


Monitoração interna; bioanálise in vitro; espectrometria gama

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.