A família Euphorbiaceae Juss. em um fragmento de Caatinga em Sergipe

Diogo Gallo Oliveira

Resumo


O presente trabalho destaca as espécies da família Euphorbiaceae Juss. encontradas em um fragmento de Caatinga arbórea, localizado no município de Porto Folha, Estado de Sergipe, com o objetivo principal de contribuir para o conhecimento mais detalhado da flora na região semiárida de Sergipe, por meio da coleta contínua dos táxons, bem como viabilizar futuros estudos sobre as espécies de Euphorbiaceae com potencial econômico. As coletas foram realizadas no período de outubro/2010 a setembro/2011, tanto no interior quanto nas trilhas/bordas do fragmento. Os espécimes coletados foram devidamente prensados e herborizados para realizar a identificação e depósito no herbário da Universidade Federal de Sergipe (ASE). As identificações foram efetuadas com o auxílio de chaves taxonômicas, bibliografia especializada e por comparações com amostras de materiais já depositados. As espécies foram classificadas de acordo com o Sistema Angiosperm Phylogeny Group III. Foi verificada a ocorrência de 20 espécies distribuídas em 12 gêneros. Todos os hábitos vegetativos relacionados na literatura para a família Euphorbiaceae foram observados na área de estudo. Evidenciou-se ampla distribuição geográfica das espécies: Cnidoscolus urens, Croton heliotropiifolius, Croton sonderianus, Jatropha molissima, Manihot dichotoma e Sapium glandulosum para algumas áreas inseridas no semiárido sergipano. A família Euphorbiaceae apresentou significativa diversidade de espécies e ampla variação de hábitos que conferem a este grupo a capacidade de maior adaptação e eficiência contra o déficit hídrico associado às regiões semiáridas.



Palavras-chave


vegetação; riqueza de espécies; semiárido

Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.