O desvelar da natureza social do discurso de Elisèe Reclus a partir do ensaio

Rosana Oliveira Batista

Resumo


Este artigo tem por objetivo desvelar o discurso de Elisée Reclus a partir do ensaio Do sentimento da natureza nas sociedades modernas tendo como pressuposto analítico a concepção de M. Bakhtin na filosofia da linguagem. Este ensaio surge enquanto um diferencial, por apresentar uma interligação das relações espaço tempo, na perspectiva linguística ideológica verbal recheada por uma ideologia literária. Nossa intenção é entender as relações dialógicas existentes na polifonia do discurso reclusiano e o seu percurso analítico geográfico para a concepção da categoria natureza.


Palavras-chave


Natureza; Relações dialógicas; Geografia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.