Influência do horário de colheita e de secagem no óleo essencial de Hyptis pectinata L. Poit (Lamiaceae).

Maria de Fátima Arrigoni-Blank, Arie Fitzgerald Blank, Andressa Giovannini Costa, Pericles Barreto Alves, Andréa Santos Costa

Resumo


O teor, rendimento e caracterização química do óleo essencial de Hyptis pectinata foram avaliados quanto a diferentes horários de colheita (8:00, 12:00 e 16:00 horas), utilizando-se folhas frescas e secas. A secagem ou não das folhas e os diferentes horários de colheita, não tiveram influência no teor e rendimento do óleo essencial, tornando-se viável a colheita em qualquer horário do dia, podendo-se utilizar folhas frescas ou secas. Os sesquiterpenóides são os constituintes predominantes (75,0-83,0%), sendo a calamusenona o componente majoritário para todas as amostras (31,0-48,0%), seguido de b-cariofileno (7,0-15,0%).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.