Propriedades de controladores fuzzy: um estudo de caso

Viviane Leite Dias de Mattos, Leonardo da Costa Coelho

Resumo


Este estudo foi desenvolvido para avaliar a influência da utilização de diferentes funções de pertinência e diferentes métodos de “defuzzificação” na mensuração de um construto por meio de controladores fuzzy, os quais são especialmente indicados para mensurar variáveis complexas ou mal definidas. Foi utilizado um experimento planejado, como um projeto fatorial completo do tipo 2x3, que considerou as funções de pertinência triangular e gaussiana para “fuzzificação”, além dos métodos do centróide, dos máximos e da média dos máximos para “defuzzificação”. O estudo considerou 14 questionários, extraídos aleatoriamente na amostra de validação do modelo, que foram analisados nas seis condições experimentais. Não foram encontradas evidências da influência dos fatores sobre os resultados. Uma análise complementar com o coeficiente de Cronbach identifica o método da média dos máximos e a função de pertinência triangular como geradores de resultados mais fidedignos.

Palavras-chave


qualidade; satisfação; lógica fuzzy; projeto de experimentos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2015.081306

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.