Morfologia e caracterização da germinação em função da posição das sementes no fruto de sabiá

Taiane Pires de Freitas, Teresa Aparecida Soares de Freitas, Bianca Machado Campos, Mariana Duarte Silva Fonseca, Andrea Vita Reis Mendonça

Resumo


O objetivo deste trabalho foi estudar aspectos relativos à germinação e morfologia de frutos, sementes e plântula de sabiá. No estudo do fruto, foram observadas as características: cor; dimensões; textura e consistência do pericarpo; deiscência; número de sementes por fruto. Os aspectos observados para as sementes foram: cor; dimensões; peso de 1000 sementes; textura e consistência do tegumento; forma, borda e posição do hilo e da micrópila; embrião (forma, posição e tipo) e endosperma. As características para as plântulas foram: raiz, coleto, hipocótilo, cotilédones, epicótilo e protófilos. Para caracterização da germinação montou-se testes de germinação para avaliação da % de germinação e índice de velocidade de germinação (IVG), considerando também a posição da semente no fruto. Os frutos de sabiá apresentam-se em forma de um legume articulado, indeiscente, formado por uma seqüência de craspédios. As sementes variam de oblonga a orbicular, superfície dura e lisa lustrosa com pleurograma em forma de U. A plântula completa sua formação aos 21 dias de germinação, sendo essa do tipo epígea com 88,1% de germinação e IVG de 9,2. A posição da semente no fruto não interfere na % de germinação, no IVG e na massa seca de plântulas.


Palavras-chave


IVG, Mimosa caesalpiniifolia Benth., Descrição morfológica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.